Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Notas à Margem

Notas à Margem

23
Nov23

HISTÓRIAS PARA ENSINAR A LER E A ESCREVER - LIVRO III - UMA ESTRELA CAIU

zé onofre

CABANA 

 

Era uma vez

Um príncipe.

Era uma vez

Uma pastora.

 

Há muito, muito tempo

No tempo

Em que o tempo

Não andava

Filipe,

Pelos campos e bosques

O tempo passava.

 

Há muito, muito tempo,

No tempo

Em que o tempo

Não andava

A pastora

Seu gado apascentava

CABANA.jpg

E como o tempo

Era do tempo

Em que o tempo

Não andava

A pastora sentava-se

Nos fetos

Para ali ficava.

E como o tempo

Era do tempo

Em que o tempo

Não andava

Filipe

Pelos montes passeava

E como Filipe

Era como o tempo

Que não desatava

E a pastora

Como o tempo

Não andava

Teve de vir a fada

A ver se a história acabava.

 

Agora a pastora

Era prisioneira dos fetos,

Guardas ferozes;

Filipe era o príncipe

Que a libertava

Dos seus algozes

Filipe ceifou

Um a um sem medo

Todos os fetos guerreiros

Que encontrou.

 

Encantado

Pelas mãos da fada

Filipe teceu num repente

Um castelo de fetos

Que durou para sempre.

 

E tudo isto se passou

No tempo

Em que o tempo parou.

Ainda lá deve estar

A cabana de fetos

Que Filipe engenhou.

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub